Bonito – MS – Gruta do Lago Azul

Gruta do Lago Azul (82)-1-01.jpeg
Gruta do Lago Azul – Bonito – MS

Localização: Rodovia Três Morros, 22 km

Duração: 2h

Horário: Dia todo

Preço: R$60,00

Com certeza quem pensa em Bonito, logo pensa na Gruta do Lago azul, que é o cartão postal da cidade. Essa gruta impressiona pelo tamanho e pela sua cor azul, que fica mais impressionante ao chegar na base e ver a incidência da luz, que a deixa de um azul vibrante. Ela foi descoberta em 1924 e a dimensão do seu lago a torna uma das maiores cavidades inundadas do planeta.

Não é possível entrar no lago, apenas mergulhadores profissionais com permissão podem ter esse privilégio, pois em expedições feitas, foram encontrados fósseis importantes, como de um tigre de dente de sabre de 6.000 anos atrás. Se fosse permitido o turismo dentro do lago, esses fósseis poderiam se perder com o movimento da água. Até hoje não se sabe de onde vêm a água que abastece o lago.

Gruta do Lago Azul (37)-1-01.jpeg
Gruta do Lago Azul – Bonito – MS

O passeio se inicia com um pequeno vídeo sobre a gruta e com instruções de como será o passeio e os cuidados que devemos tomar. Para ir até a gruta é obrigatório o uso de tênis e do capacete de proteção oferecido por eles.

O passeio se inicia com uma pequena trilha de 300m do receptivo até a entrada da caverna, e depois segue uma descida de 298 degraus de pedras irregulares até o lago. Na descida há cordas de apoio, mais precisa estar sempre atento a cada passo.

Gruta do Lago Azul (64)-1-01.jpeg
Gruta do Lago Azul – Bonito – MS

Existem durante a descida alguns pontos de parada para observação, tanto do lago, como dos impressionantes espeleotemas de diferentes tamanhos e formatos. Não é possível chegar perto do lago, você pode apenas observá-lo e tirar fotos.

Como há diversos grupos diferentes, há um tempo limite em que cada grupo pode ficar dentro da gruta, então tem que aproveitar cada parada para absorver toda a beleza que você tem na sua frente e criar força para a subida de 298 degraus que você terá pela frente.

No geral eu achei que vale bem a pena ir na gruta, afinal é o cartão postal da cidade, mais estejam preparados para a descida e subida, vi muitas pessoas precisando sentar um pouco para respirar e outras que prefeririam ficar no meio do caminho por conta do cansaço. E lembrem-se de tentar encaixar ela no começo do dia, que é quando a luz do sol tem mais incidência dentro da caverna e faz com que a água fique da cor azul que conseguimos ver nas fotos.

 

 

*Os valores citados nesse post são de 2016.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s