Roma – Itália – Top 10 atrações

Roma é a capital da Itália e é conhecida como um museu a céu aberto, e isso porque a todo lado tem um monumento de um período diferente, e é só olhar ao redor que sempre há uma nova escavação no meio da cidade descobrindo uma nova história. Além de ser um respiro de cultura, em Roma fica o menor estado independente do mundo, o Vaticano, com a belíssima Basílica de São Pedro e os museus do Vaticano com a mais que conhecida Capela Sistina.

Roma é uma cidade perfeita para caminhar e ir descobrindo novos lugares. Abaixo listo as 10 melhores atrações e mais conhecidas de Roma, mais com certeza a cidade tem muito mais a oferecer.

*Dica: Roma parece uma cidade que tem uma igreja em cada esquina, e não perca tempo, entre em todas que você achar pelo caminho, você irá se surpreender com as belezas que pode achar sem querer.

Coliseu

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com certeza o cartão postal de Roma e a atração turística mais disputada da cidade, e também a mais imperdível.

O Coliseu foi construído pelo Imperador Flávio Vespasiano e seu filho Tito em 72 d.C.  Seu nome original era “Anfiteatro Flaviano” em homenagem a Vespasiano. Existem mais de 80 entradas e capacidade para 50.000 pessoas. Levou 9 anos para ser construído e mais de 60.000 escravos trabalharam na sua construção. Na sua inauguração houve um evento de 100 dias de jogos onde milhares de pessoas e animais morreram. Ele foi construído como presente para os cidadãos romanos, para servir de entretenimento e para mostrar a soberania da engenharia romana ao mundo. Até hoje sua construção impressiona por técnicas modernas, como cobertura removível para proteção do sol, elevadores para movimento dos animais que eram incluídos de surpresa nas batalhas, sistema de inundação para batalhas navais e piso de areia com o intuito de absorver o sangue das batalhas. Em 523 d.C teve fim as atividades no Coliseu.

A visita no Coliseu custa € 12,00, você pode comprar o ingresso tanto online como na bilheteria, mais lembre-se: o Coliseu é uma atração muito procurada e geralmente tem muita fila, então eu aconselho a comprar online para evitar a bilheteria. É uma atração muito procurada porque vale muito a pena. Na visita você fica livre para percorrer todo o Coliseu. Na parte fechada existe um pequeno museu contanto sobre o monumento e algumas peças estão expostas.

Localização: Piazza del Colosseo

Visita: Janeiro a fevereiro e Outubro a dezembro das 08:30 as 16:30; Fevereiro a março das 08:30 as 17:00; de Março a setembro das 08:30 as 19:00.

Site oficial: www.coopculture.it/en/the-colosseum.cfm

Vaticano

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Vaticano é o menor estado independente do mundo e a Basílica de São Pedro é a maior igreja do cristianismo.

Basílica

Simão Pedro assumiu a liderança após a crucificação de Jesus Cristo e deu inicio a construção da Igreja, mas em 64 o Imperador Nero ordenou sua crucificação e seus restos mortais foram enterrados na Colina do Vaticano. Treze anos depois o Imperador Constantino ordenou a construção da Basílica de São Pedro em cima de seu túmulo. A Basílica que vemos hoje não contém nada da construção original, que foi demolida por ordem do Papa Júlio II. A construção da atual Basílica demorou mais ou menos 150 anos e teve como arquitetos Rafael e Michelangelo. Uma das obras mais procuradas na Basílica é a escultura de Michelangelo, a Pietá.

Praça

A praça em frente a Basílica é uma das maiores do mundo, em forma elíptica com 284 colunas dóricas. Ela foi projetada por Bernini no século XVII e seu objetivo era criar uma entrada para que os fiéis se sentissem abraçados pela igreja, e quando dentro da praça, pudessem se sentir protegidos. No centro há um obelisco de 40m de altura com uma cruz  no topo (diz que há um dos pedaços originais da cruz de Jesus Cristo).

Museus do Vaticano

É no museu do Vaticano que se encontra a Capela Sistina, onde ocorrem os conclaves que os cardeais elegem o papa. A Capela foi projetada pelo arquiteto Baccio Pontelli e internamente é decorada com afrescos que retratam o Velho e o Novo Testamento, sendo o mais conhecido do Michelangelo.

*Dicas

– Chegar bem cedo, tipo 8:00, para evitar a grande quantidade de turistas. Quando fui a praça estava quase vazia e não demorei nem 5 minutos para entrar na Basílica (só não entrei direto pois tem um esquema de segurança que nem de aeroporto na entrada)

– Cuidado com a roupa que for usar, não é permitida a entrada com vestidos, saias ou bermudas acima do joelho e nem com o ombro desprotegido. Eu sempre levo um lenço, principalmente no verão, para poder jogar no ombro ou amarrar na cintura caso a igreja não permita a entrada com roupas mais frescas.

– Pague para subir na cúpula da Basílica. A subida é um pouco claustrofóbica mais com certeza a vista compensa. Só assim você vai conseguir ver a real beleza da praça com sua forma elíptica e como ela abraça as pessoas.

– Se você quiser ver a Basílica e a praça com calma evite os dias em que há missa do Papa.

– Compre o ingresso do museu com antecedência pelo site para evitar filas e garantir sua entrada no museu.

– A Capela Sistina fica no final do Museu do Vaticano e com certeza é a atração mais esperada, mais não saia correndo para ver ela, pois o museu vale muito a pena ser visto com calma. Se você gostar muito de arte e história, o museu pode ser uma atração que dura o dia inteiro, caso queira só olhar rápido, uma manhã dá para ver o museu inteiro.

Localização: Piazza di San Pietro, Vaticano

Visita: Basílica de graça todos os dias das 7:00 as 19:00; Museu do Vaticano: € 16 de segunda a sábado das 9:00 as 18:00.

Site oficial: www.biglietteriamusei.vatican.va/musei/tickets/do

Panteon

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Panteon foi o primeiro edifício religioso aberto ao público e é um dos monumentos mais conservados de Roma. Foi um templo construído para ser dedicado a todas as divindades. Foi construído em 27 a.c e o seu destaque é a cúpula que tem uma abertura de 8 metros no centro que permite a entrada de luz natural (acreditavam que a água da chuva iria evaporar antes de chegar ao solo já que a distância é de 43,5 metros, o que não é verdade claro). Desde o século VII o templo foi convertido em igreja católica.

Localização: Piazza della Rotonda

Visita: Entrada gratuita. Segunda a sábado das 9:00 as 18:30 e de domingo das 9:00 as 13:00.

Site oficial: http://www.polomusealelazio.beniculturali.it/index.php?it/232/pantheon

Fontana di Trevi

4 Fontana di Trevi-01.jpeg
Fontana di Trevi – Roma – Itália

A Fontana di Trevi é com certeza uma das mais impressionantes do mundo. Ela foi planejada pelo arquiteto Nicolò Salvi, com influência de Bernini, e tem como tema central o mar. Foi construída em 1762 no ponto final do aqueduto Acqua Vergine, um dos mais antigos de Roma.

Todo mundo conhece a tradição de jogar a moeda na fonte para voltar a Roma, mais uma tradição que poucos conhecem é a da Fontana degli Innamorati. É um pequeno chafariz ao lado da Fontana di Trevi, que se o casal tomar de sua água, ficarão juntos para sempre.

*Curiosidade: No lado direito da fonte há um vaso de travertino. Diz a lenda que o arquiteto fez para bloquear a vista de um barbeiro que ficava criticando a obra durante sua construção.

Localização: Piazza di Trevi

Piazza navona

5 Piazza navona (1)-01.jpeg
Piazza Navona – Roma – Itália

A Piazza Navona foi construída em um local que era usado para jogos e competições. Hoje é uma praça bem movimentada e alegre, com restaurantes e apresentações de rua. É nessa praça que está localizada bem no centro a Fonte dos Quatro Rios de Bernini. Os quatro homens representam  os quatro continentes conhecidos da época e seus rios: Rio Nilo na África, Rio Ganges na Ásia, Rio da Prata na América e Rio Danúbio na Europa.

Localização: Piazza Navona

Complexo Vittoriano

6 Complexo Vittoriano-01.jpeg
Complexo Vittoriano – Roma – Itália

O Complexo Vittoriano foi construído entre 1885 e 1910 e é um dos maiores monumentos de Roma e foi feito em homenagem ao Victor Emanuel II, primeiro rei que unificou a Itália. Nele se encontra o Complesso del Vittoriano (espaço para grandes exposições); Museu da História Militar da Itália, túmulo do soldado desconhecido, Museu Nacional da Emigração Italiana  e uma das melhores vistas de Roma.

Em 2007 foi aberto um elevador para levar o publico até a cobertura do edifício onde se tem uma vista maravilhosa de Roma. A maior parte do monumento tem entrada gratuita, algumas exposições temporárias se cobra pela entrada e para subir na cobertura custa 7.

Localização: Piazza Venezia

Visita: Entrada Gratuita. De segunda a quarta das 9:30 as 19:30; sexta e sábado das 9:30 as 22:00 e domingo das 9:30 as 20:30.

Site oficial: http://www.ilvittoriano.com

Piazza di Spagna

7 Piazza di Spagna-01.jpeg
Piazza di Spagna – Roma – Itália

A Piazza di Spagna é mais uma bela praça de Roma. Começou a se formar no séc XVI e no século seguinte foi finalizada com a construção da Escadaria Trinità dei Monti, que na primavera fica deslumbrante com seus terraços-jardim. O nome se deve a área que era propriedade da embaixada espanhola em Roma. No meio da praça existe mais uma obra de Bernini, a Fontana della Barcaccia.

Localização: Piazza Spagna

Fórum Romano

8 Forum Romano-01.jpeg
Forum Romano – Roma – Itália

O Fórum foi o principal centro comercial da Roma Imperial, local onde ocorriam eleições, cerimonias religiosas e também local de mercado. Hoje o local se encontra em sua maioria em ruínas, poucas estruturas estão em pé. Durante a visita você vê indicações do que eram os locais e vai sentindo um pouco da história que esse lugar tem. Para quem gosta de história é uma visita bem interessante e que vale a pena. A entrada custa € 12.00 e dá acesso ao Coliseu e ao Palatine Hill também.

Localização: Via della Salara Vecchia, 5/6

Visita: Janeiro a março e outubro a dezembro das 8:30 as 16:30; Março a setembro das 8:30 as 19:00.

 Site oficial: www.coopculture.it/en/heritage.cfm?id=4

San Giovani in Laterano

DCIM190GOPRO
San Giovani in Laterano – Roma – Itália

O nome oficial é na verdade Arquibasílica do Santíssimo Salvador e tem o título “Omnium Urbis et Orbis Ecclesiarum Mater et Caput” que significa que ela é a Mãe e Cabeça de todas as Igrejas de Roma e do mundo. O nome atual vem do século VII quando o Papa Gregório I a colocou sob a proteção de São João Batista. Sua construção foi ordenada por Constantino I, o primeiro imperador cristão, para ser a principal igreja de Roma. Sua entrada é gratuita e internamente é de uma beleza impressionante.

Localização: Piazza di San Giovanni in Laterano, 4

Visita: Segunda a sexta das 10:00 as 17:00 e sábado das 10:00 as 15:00.

Site oficial: w2.vatican.va/content/vatican/it.html

Basílica de São Paulo Fora Dos Muros

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Basílica de São Paulo fora dos muros foi construída no século IV a pedido de Constantino e tem esse nome pois foi construída fora dos muros aurelianos que existiam para a proteção de Roma. Ela é umas das quatro Basílicas papais em Roma (Basílica de São Pedro, Basílica de São Paulo Fora dos Muros, San Giovani in Laterano e Basílica de Santa Maria Maggiore) e é a segunda maior, perdendo apenas para a Basílica de São Pedro. Ela é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

A visita na Basílica é gratuita e deslumbrante. Apesar de ser fora dos muros, ela não fica muito longe do centro de Roma e é muito fácil chegar de metrô. A sua grandiosidade e cada detalhe impressiona desde sua fachada, ao seu interior e aos seus jardins. Quando você chega nela, fica difícil acreditar que a Basílica de São Pedro é maior. Não se apresse nessa visita, tome seu tempo para reparar em cada detalhe (que são muitos).

Localização: Piazzale San Paolo, 1

Visita: Todos os dias das 7:00 as 18:00

Site oficial: www.basilicasanpaolo.org/

 

 

 

*Os valores citados nesse post são de 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s