Bate e Volta – Toledo – Espanha – Parte 1

Quem vai para Madrid logo pensa em Toledo para um bate e volta, e se você tem esse dia extra, com certeza é uma viagem incrível e obrigatória.

Toledo era, séculos antes de Cristo, um centro importante de um povo de origem celta e em 193 a.C foi conquistado por romanos que modificaram toda a cidade. No século V a cidade foi invadida por Visigodos e se tornou a capital do reino, foi no séc XV que aconteceu o matrimônio entre Isabel de Castilla e Fernando de Aragón que uniu os dois principais reinos que acabou por ser a base para a criação da Espanha. Em 1502 Toledo foi a capital do Império Espanhol, mais a capital acabou mudando para Madrid em 1561, o que levou ao início de uma deterioração da cidade. Foi em 1986 que Toledo foi declarado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Hoje é uma cidade muito visitada, principalmente de fim de semana, que fica lotada de turistas. A cidade medieval de Toledo é toda murada e conhecida principalmente por ser a cidade das três culturas, pois durante séculos os cristãos, muçulmanos e judeus conviveram em paz, o que gerou grande impacto na história e cultura da cidade.

Como chegar

Este slideshow necessita de JavaScript.

Toledo fica a 70 km de Madrid e para se chegar lá é só pegar um trem na Estação Atocha em direção a Toledo. Em alta temporada é mais recomendável comprar o bilhete com antecedência, já em baixa o bilhete pode ser comprado na hora na bilheteria. Como os assentos são marcados você corre o risco de não ter mais lugar, mais os trens partem de 1 em 1 hora, então não tem porque se preocupar. Aproveite e já compre a sua passagem de volta, se você chegar em Toledo as 11:00 é bem provável que você já tenha visitado a cidade até as 18:00. A viagem é super rápida, de apenas 33 minutos, e a estação fica a apenas 1,5 km da cidade medieval de Toledo. Ao chegar na estação você pode pegar um ônibus até a cidade histórica ou pode ir andando (o que eu não acho que vale a pena, já que o ônibus custa €1,40 o trecho e você vai passar o resto do dia andando pela cidade). O ponto de ônibus fica do lado da estação de trem saindo a direita, é muito perto. Eu peguei o ônibus 61 que para no ponto da Praça Zodocovar e não demora nem 10 minutos.

Dica: Preste atenção na cidade de dentro do ônibus, a vista é espetacular dessa linda cidade murada lá no alto. Quando fui conheci um senhor que ficou contando histórias da cidade e me deu algumas dicas, como passar no centro de informação para pegar um mapa da cidade assim que chegar.

Entrada

Toledo (18)-01
Puerta del Cambron – Toledo – Espanha

A entrada na cidade é gratuita mais as atrações são pagas. Andar sem rumo pela cidade já é um passeio que vale muito a pena, mais não deixe de entrar em alguns lugares para conhecer.

Visita

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cidade histórica de Toledo é perfeita para andar sem rumo e ir descobrindo cada esquina. Eu fui com um roteiro pronto do que eu gostaria de ver e ao chegar eu peguei o mapa da cidade, marquei as atrações e logo comecei a andar sem seguir uma rota específica. Como a parada do ônibus é na Praça Zocodovar, aproveitei a dica do senhor do ônibus e passei no centro de informações que fica bem de frente para a praça. O mapa é gratuito mais em alta temporada há um limite de 1 mapa a cada duas pessoas do grupo.

Comecei passando pelo Álcazar, um edifício imponente bem próximo da praça. Decidi não entrar mais dei a volta em seu entorno e logo me deparei com um mirante que dá vista para a Academia de Infantaria. Continuando passei pelo Museu de Santa Cruz e pela estátua de Miguel de Cervantes, onde subindo a escada dá novamente na Praça Zocodovar. Chegando na praça a cruzei e fui para a Rua do Comércio, que é literalmente uma rua só de comércio com diversas lojas de souvenir onde vendem de tudo, principalmente as famosas facas e espadas, muitas relacionadas ao tema dos Senhor dos Anéis, e isso porque nos tempos romanos Toledo desenvolveu uma grande industria metalúrgica com produção focada em espadas, facas e moedas, se tornando uma das mais importantes da Europa.

Após visitar algumas lojas segui em direção a Catedral de Toledo que é simplesmente maravilhosa e parada obrigatória na cidade, com certeza recomendo pagar para entrar, você não irá se arrepender. Depois passei pela Igreja de São Tomé, que decidi por não entrar também, pela Sinagoga del Transito que é linda, mais achei que iria ser mais impressionante nos detalhes, pela Sinagoga Santa Maria de La Blaca que decidi não entrar também, pelo Monastério de San Juan de Los Reyes que infelizmente estava fechado mais que com certeza seria um dos lugares que eu entraria, atravessei pela Puerta del Cambron onde segui por fora do muro até a Puerta de Bisagra Nueva, e em direção a Mesquita Cristo de La Luz passei pela Puerta del Sol. A Mesquita Cristo de La Luz foi um dos lugares que entrei e me debato com a opinião se vale ou não a visita. A mesquita é bem pequena e não há muito o que ver, mais existe um pequeno mirante que garante uma vista legal da cidade. Por último passei pela Igreja dos Jesuítas que acabei não entrando também e segui de volta para a Praça Zocodovar para pegar o ônibus de volta a estação de trem, que sinceramente é uma atração também por sua beleza arquitetônica.

Para o post não ficar muito longo eu irei deixar para falar um pouco mais sobre cada atração mais detalhadamente no próximo post.

 

 

*Os valores citados nesse post são de 2017.

Anúncios

Um comentário sobre “Bate e Volta – Toledo – Espanha – Parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s